STARTUPS CIMATEC

17 de novembro de 2022

Cinco STARTUPS brasileiras prometem contribuir para zerar a emissão de carbono em Salvador até 2049

Projeto Chamada Cidade Zero Carbono é uma parceria entre a prefeitura de Salvador e o SENAI CIMATEC

As cinco startups vencedoras da Chamada Cidade Zero Carbono apresentaram seus projetos para comissão do SENAI CIMATEC e empresas, na última sexta-feira, 11. Participaram deste evento, Marcelle Morais, Secretária Municipal de Sustentabilidade e Resiliência SECIS; Ivan Paiva, subsecretário da Secretaria Municipal de Sustentabilidade e Resiliência; Magda Andrade, coordenadora de fomento à Inovação, da Diretoria de Inovação do SEMIT, Flávio Marinho, Gerente Executivo do Senai CIMATEC Startups; Vilson Alves, Gerente de Negócios do Senai CIMATEC Startups; Erika Azevedo da Catapult, as corporações demandantes (BMD Têxteis, Grupo Civil, IFood, Neoenergia e Wilson Sons), e as Startups (Ecoloy, Orientagro, Nanoin, Dispor Energia e Lz Energia).

As conexões estabelecidas entre Corporações e Startups geraram 5 projetos:

Startup Nanoin (conexão: iFOOD e CIVIL), este projeto tem como foco gerar em sua prova de conceito, a adequação do biofilme para o mercado de Delivery, com aplicação em embalagens secundárias e terciárias. Obter materiais 100% biodegradáveis e sustentáveis que se dissolvem em água e não geram micro plástico. De modo customizável com cores e formas diferentes, sejam descartados em qualquer lugar sem necessidade de reciclagem, possibilitando o uso de embalagens inteligentes com novas aplicações para os Bioplásticos.

Startup LZ energia (conexão: Wilson Sons e CIVIL), a prova de Conceito visa através de experimentos em condições operacionais ou condições simuladas, reduzir o consumo de diesel e emissões de CO2. Através da solução intitulada EcoTorque, ocorre um aumento da eficiência de combustão dos veículos. O mesmo será testado na frota de caminhões do operador logístico Wilson Sons, com potencial de ser aplicado em outras empresas e em transporte público.

Startup Orientagro (conexão: CIVIL), prova de conceito da tecnologia da Orientagro junto ao desmineralizador da Vulcano tem como foco aprimorar o laboratório portátil para identificação e monitoramento de macronutrientes do solo e gases de efeito estufa. A Inteligência artificial treinada pode apresentar com precisão os resultados e mensurar em tempo real os nutrientes do solo. A equipe Orientagro pretende divulgar os resultados obtidos através da produção de artigo científico contribuindo para a ciência, tecnologia e inovação.

Startup Ecoloy (conexão: Bmd Têxteis), ao prototipar uma sacola sustentável com design & coleção, produzida através do resíduo/sucata da Bmd têxteis. Esta solução visa embarcar tecnologia numa sacola tendo conexão com aplicativos e creditação de carbono, criando assim um novo modelo de sacolas para supermercados.

Startup Dispor Energia (conexão: Neoenergia), engajar o consumidor no consumo consciente, através de um data driven do consumo via Gamificação e IoT (Internet das coisas), para assim evitar desperdícios energéticos para reduzir a pegada de carbono e gerar créditos ambientais para o consumidor.

A apresentação teve como intuito intensificar a conexão entre os envolvidos desta chamada, viabilizando a troca de experiência entre os atores participantes, de modo a garantir que a interação entre as partes se torne fluida, além disso apresentar os projetos desenvolvidos e mostrar os esforços realizados para atingir a neutralidade nas emissões de carbono na capital baiana.

Divulgar as ações que estamos fazendo dentro da Chamada é uma forma de incentivar outros empreendedores a buscar soluções ou reproduzir ideias que sejam benéficas para o nosso planeta, como pontuou Vilson Alves, Gerente de Negócios do Senai CIMATEC Startups: “É muito importante que a sociedade conheça o que estamos discutindo aqui, estamos muito felizes em poder contribuir para o desenvolvimento do empreendedorismo de base tecnológica científica local, temos interesse que esses projetos sejam uma semente, cada case que a gente construa aqui sirva depois de exemplo para que outras grandes empresas, outras startups, possam também reproduzir as soluções, porque assim vamos atingir uma cidade neutra em carbono, e um planeta neutro em carbono.”

Chamada Cidade Zero Carbono

A Chamada Cidade Zero Carbono, busca criar conexões entre desafios de indústrias de médio e grande porte e soluções inovadoras trazidas por startups e empresas de base tecnológica que promovam a competitividade e sustentabilidade dos setores produtivos baseando-se em uma economia de baixas emissões de carbono, até alcançar a neutralidade.

A Chamada, que surgiu da parceria entre, a Prefeitura de Salvador, por meio das Secretarias de Sustentabilidade e Resiliência (Secis) e de Inovação e Tecnologia (Semit),  juntamente com o SENAI CIMATEC e a Connected Places Catapult, contribui para o ecossistema baiano de inovação gerando oportunidades de conexão entre os agentes, além de ofertar o suporte tecnológico.

Desde o seu lançamento em 2021, os envolvidos na Chamada passaram por etapas de inscrição e conexão, e no atual momento ocorre o planejamento da execução das provas de conceitos que visa testar a viabilidade de uma solução. Já estão sendo realizados o desenvolvimento do projeto, reuniões de kickoff e mentorias.

Confira como foi o evento:

Relacionados
  • Notícias

    O CIMATEC Startups conecta com a Oracle foi um sucesso
    Ler Mais
  • Notícias

    BTX 2023: veja como foi
    Ler Mais
  • Notícias

    A Importância da Gestão de consentimentos de Cookies
    Ler Mais

© 2022. Todos os direitos reservados - SENAI CIMATEC